Há dez anos, primeira companhia chinesa estreava na Nasdaq

A multinacional de tecnologia Baidu completa, neste dia cinco de agosto, dez anos desde a realização de seu IPO (oferta pública de ações) na bolsa de valores Nasdaq, em Nova York. Na época, a abertura de capital em mercados internacionais era relativamente rara para empresas de origem chinesa.

Desenvolvedora do segundo maior serviço de buscas na web do mundo, o Baidu tornou-se a primeira empresa chinesa a figurar no Index 100, índice que reúne as 100 mais importantes companhias de tecnologias com ativos negociados na bolsa de tecnologia de Nova York. Ao longo da última década, a valorização dos papéis do Baidu superam 1500%, o que confere valor de mercado de US$ 60 bilhões à companhia.

De acordo com o fundador do Baidu, Robin Li, o IPO da startup de tecnologia fundada em Beijing, permitiu que a empresa ganhasse musculatura para se tornar um gigante global. “Aquele 5 de agosto mudou nossa história. Hoje, somos uma empresa pública com crescimento acelerado e bilhões de dólares em receitas, além de grande influência no mercado global de capitais. O Baidu tornou-se uma das empresas mais emblemáticas da indústria de internet no mundo todo”, afirma.

Grande parte da expansão do Baidu se deveu à liderança conquistada em seu mercado de origem, a China, onde o bolo de publicidade digital e a economia como um todo cresce de forma dinâmica há duas décadas. Desde 2010, a companhia faz esforços para se internacionalizar. Presente em países da Ásia, como Tailândia e Indonésia, Oriente Médio e África, como Egito e Emirados Árabes, o Baidu iniciou operações no Brasil em novembro de 2013. Atualmente, a empresa detém 50 milhões de usuários no Brasil e controla o serviço líder em venda de ofertas online no país, o Peixe Urbano.

Os investimentos no Brasil devem se acelerar ao longo dos próximos meses, a despeito do momento pontual de dificuldade da economia brasileira. Para o Baidu, variações cíclicas das economias são normais e a empresa mantém grande otimismo em relação ao mercado brasileiro no médio e longo prazos.

Segundo o fundador da empresa, há grandes oportunidades para o Baidu em segmentos mobile e a entrega de serviços do mundo físico por meio de plataformas digitais, termo definido como “O2O”, ou “Online to offline”.

(Visited 220 times, 1 visits today)
  • Josevaldo Nunes

    Muito legal. Empresa moderna na Nasdaq!

    • baidubrasil

      É isso aí, Josevaldo! Já se passaram 10 anos desde o início de nossas atividades na Nasdaq. 🙂

  • JOÃO CARLOS BATISTA DOS SANTOS

    DEPOIS DE PASSAR POR VÁRIOS NAVEGADORES, DESCOBRI O BAIDU, E TAMBÉM SEU ANTIVÍRUS. SÃO EXCELENTES. SOU FÃ E UM GRANDE PROPAGANDISTA DO BAIDU.

    • baidubrasil

      Olá, João! Muito legal saber que você é nosso fã de carteirinha! 🙂 Fique ligado aqui no blog para saber das novidades do Baidu.