unnamed

Carro autônomo do Baidu realiza teste nas ruas de Pequim

Veículo percorreu, sem motorista, rota de 30 quilômetros na capital chinesa

A multinacional de tecnologia Baidu realizou, esta semana, seu teste mais longo com um carro autônomo circulando pelas ruas da capital chinesa. O automóvel, um veículo BMW equipado com sistema inteligente desenvolvido pelo Baidu teve sucesso ao fazer curvas, ultrapassar outros veículos,  contornar rotatórias, parar e dar a partida em semáforos, além desacelerar por causa do tráfego e mudar de faixas. O pico de velocidade foi de 100 quilômetros por hora.

O veículo-teste do Baidu demonstrou total autonomia e sucesso nas tarefas que lhe foram propostas no teste. O deslocamento total foi de 30 quilômetros e começou na sede da companhia, em Pequim, que fica na zona Oeste da cidade, e envolveu uma viagem até o Ninho de Pássaro, Parque Olímpico localizado na periferia Norte de Beijing.

O carro autônomo está em desenvolvimento desde 2013 e, por meio de tecnologias de reconhecimento de objetos, pode detectar obstáculos ao seu redor, reconhecer faixas de rolamento e definir com precisão distância e velocidade.

“Direção totalmente autônoma sob condições reais, em que o sistema precisa tomar decisões não previstas anteriormente, é um desafio universal que foi aumentado pelas condições de tráfego em Pequim, cidade reconhecida pelo trânsito pesado e grande emaranhado de ruas e avenidas”, afirma Wang Jing, diretor da unidade de Direção Autônoma do Baidu.

O projeto de direção autônoma, explica Jing, deve incluir ônibus autônomos sobre a tecnologia Baidu AutoBrain, que desenvolve mapas para condução sem motorista, posicionamento, detecção, e tomadas de decisão inteligentes. Neste cenário, o veículo é programado para realizar

O carro autônomo do Baidu é programado para percorrer uma rota definida, como fazem os ônibus ao percorrer itinerários pré-definidos A ideia é que, com a repetição dos testes e a comercialização do sistema, novas rotas sejam criadas, permitindo que toda a China seja mapeada dentro de 5 a 10 anos.

Assista ao vídeo abaixo:

(Visited 113 times, 1 visits today)